Mistérios e Segredos do Sítio Casarão

Mystery and Secrets of the ranch townhouse

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

COLORINDO A VIDA: UMA HISTÓRIA INSPIRADORA...

"Todo filho ou filha, que ama seus pais, diante de uma doença deles podem ficar perdido, sem saber o que fazer, como ajudar. Com minha Mãe não foi diferente. 

Tantos fármacos para combater a depressão e eu sabia que esses não tocariam o seu coração. 

Antes ela criava pinturas em tecido, bordava, fazia belíssimas ornamentações com flores... e não queria fazer mais nada por suas mãos estarem trêmulas. 

Orei, pedi a Deus uma direção para ajudá-lá de algum modo... 

E Deus me deu uma luz! 

Não existiam no Brasil estes livros de colorir... mas Deus me orientou. Comprei lápis de cores e passei a imprimir figuras e ela achava que colorir era coisa de criança, que não tinha firmeza nas mãos para isso... Não desisti e insisti para que pintasse uma figura, por mim. 
preparei a mesa com as figuras e os lápis, no aparelho de CD músicas evangélicas e ela, sem expressar interesse, crença, sentou e começou a pintar.

Os traços saiam das linhas e da sua boca protestos de que estava feio... que não era daquela forma que deveria ser e que fazia.

Concordei reconhecendo que suas mãos não ajudavam, estavam trêmulas, mas isso passaria à medida que pintasse. Ela me ouviu, minha mãe sempre me ouvia. Assim, continuou e foi percebendo o aperfeiçoamento que ocorria mais rápido do que podia imaginar... Ao ver a sua empolgação senti vontade de criar uma página para expor suas pinturas, no Facebook, e assim criei para que todos pudessem ver sua evolução, seus trabalhos...

Esse progresso trouxe luz aos seus olhos e minha mãezinha pintava diversas figuras e, a cada uma delas, superava um pouco a sua depressão e passou a desejar que eu postasse tudo e logo recebia o carinho de muitas pessoas que visitavam sua página. Creio que essa tenha sido a melhor coisa que poderia ter feito por minha Mãe: acreditar que algo poderia ser feito e rogar a Deus por uma direção. 

Ela foi uma guerreira que batalhou, superou barreiras que pareciam intransponíveis e voltou a pintar em tecidos, sua grande paixão. 

Posto essa história, da minha mãezinha, pois acredito que muitos filhos encontram-se angustiados, em situações parecidas com essa, sem saber como lidar com os limites e limitações de seus pais e sei que cada um é cada um, com seus problemas. 
Espero que os que aqui chegam tornem-se contadores dessa história de superação e ajudem a divulga-la para que outros filhos encontrem caminhos onde parece não ter esperanças. Não busco auto promoção ou nem alimentar meu ego com elogios, admiração... pois o que fiz considero pouco e o mérito todo foi dela que com o pouco que fiz transformou em algo muito maior, em cura! 

A Fé, a arte e o amor podem muita coisa não é? 

Agradeço aos que divulgam e antecipo minha gratidão aos que divulgarão." 

In memoriam
Zélia Storch Moutinho


14 comentários:

Anônimo disse...

Amor mais sublime, quanta falta minha Mãezinha me faz. Eu a amei, cuidei , fomos amigas. ...mas hoje eu deixaria o mundo para ficar com ela, ela seria sempre prioridade a todo tempo. Linda, lutadora, generosa, onde colocava as mãos virava arte... E principalmente, me apresentou a Deus e dentro e fora do hospital, eu a agradeci muito por isto. Deus é meu Pai, nosso Pai e que nos ajuda se pedirmos, a sabermos não somente cuidarmos da rotina dos nossos amados, mas a achar caminhos que lhes dêem ânimo e esperança.

Que belo trabalho Ádson vc fez e bem pertinho do Dia dos Pais e sei parte da sua luta com seu Paizinho, mas siga com Fé pois vocês se esmeram em cuidados e amor. Eu queria que você tivesse ido ao hospital para minha Mãezinha conhecer você, como desejei isto, ela teria gostado. Acho que vc ficou receoso, eu te entendo em parte. Em parte. Eu queria conhecer seu Pai e sinto que o conheço um pouquinho, mas esou tão londe daí. Assim é a vida, não pára pra gente se "resolver" e muitas oportunidades não voltam mais.

Obrigada por esta belíssima postagem, a vida pulsa através do que podemos ver que ficou registrado. Lindo!!!!

Ei, coloca aquela foto montagem que vc fez. :)))))

Kátia Storch Moutinho
MÃEZINHA EU TE AMO, SUAS ARTES SÃO LINDAS MINHA RAINHA!

Jú Silva disse...

Inundada de bons sentimentos,lembranças ternas apertando meu coração ao ver tamanho carinho,amor por inteiro.Mães amigas,cúmplice somos dos mais lindos momentos de luz,amor,aprendizagem e certeza.Tudo não passa mesmo,pode até transformar,mas deixa lá o precioso fincado feito raiz de mandacaru que brota onde difícil fertilidade.Katita fada do bem,suas atitudes e selo pelo próximo tem curado muitas dores e transformado muitos corações.O meu derrete por você,gratidão por me fazer ver que apesar dos pesares temos um Deus que tudo cura.É muito bom ter você em minha vida,falta palavras e sobram sentimentos.Amo-te menina linda!❤️��Jú

Kátia Storch Moutinho disse...

Ownnnn...A danadinha da Juju esteve aqui, encheu tudo com seu coração generoso. Glória à Deus pela vida dela, minha Maninha há anos e anos e para sempre.

Lindo Ádson! :)))

Kátia Storch Moutinho disse...

Kd a postagem do Dia dos Pais neste Blog?!!! Bora trabalhar, tem muitos Papais para serem homenageados, inclusive os nossos. PARABÉNS AO SEU PAIZINHO e claro, ao meu também e digo a ele (e ele ri) que agora ele é meu Pai, Mãe e Irmã. :)

PARABÉNS A TODOS OS PAIS DO MUNDO, INCLUINDO OS NÃO BIOLÓGICOS, CLARO.

Anônimo disse...

Minha Rainha...sua foto linda com Jesus está aqui, obrigada Ádson. Jamais vou esquecer estes gestos. Mas não voltarei aqui por um bom tempo, ficarei totalmente ausente da Internet. Fique com Deus! Kátia

Anônimo disse...

Lembrei de vc minha Mãezinha...estava vendo suas pinturas maravilhosas e que tanto te fizeram bem. Obrigada por me ensinar a ver além do óbvio. Te amo. Saudades sempre. Sua filha, Kátia

https://youtu.be/ZclIudiC8pM

Anônimo disse...

Esta será a última vez que venho neste Blog e verei tão linda homenagem. Por que as pessoas recebem mais homenagens e elogios depois que partem? Mãezinha será que cometi este erro? Será que você sabia como eu te amava? Acho que sim, pois você confiava demais em mim e sinto uma falta do seu olhar que você não faz ideia. Não, eu não te elogiei o qto deveria, mas vc sabia que eu estava com você. ME arrependo de não ter ido embora com você para outra cidade, só nós duas e não deixar ninguém, ninguém te perturbar de forma alguma. Mas eu não tinha a maturidade que tenho hoje minha Mãe, eu não tinha. Fomos muito felizes por longos longos anos não é? Anos familiares perfeitos! Vivi em um lar cheio de amor e qdo sai de casa para estudar (vocês disseram que era preciso) me deparei com um mundo de mentiras e queria voltar para casa, lembra-se? Eu não estava preparada para um mundo tão diferente do nosso lar, tão cheio de simplicidade, amor e alegria. Aprendi sobre amor e respeito em casa e isto não tem preço. Gratidão minha Lemoa e Deus continua nos cuidando e hoje O escuto muito mais. Obrigada Ádson por este presente maravilhoso,cheio de arte e sensibilidade. Cheio de Deus pois Deus é Amor. Deus te abençoe, nos abençoe a todos! Terno abraço para seu Paizinho e se tiver chance, diga a ele que tem uma pessoa em Minas que ora sempre por ele, sempre, sempre. Abraços...Kátia

Anônimo disse...

Minha Mãezinha....Saudades imensuráveis do seu olhar para mim. Há uns 15 dias não vou ver meu Paizinho...todos os dias telefono, mas não é a mesma coisa. Mas isto vai mudar, vai sim. Tudo vai mudar pra melhor, eu te prometo!!!

Anônimo disse...

...Te tirou dos destaques,mas em mim sempre será destaque. Este espaço não nos pertence. Não serei mais presença após oferecer a mão e não receber uma palavra. Estou cuidando de mim Mãezinha e tomei uma mega decisão difícil, mas necessária. Ele não quer ficar em silêncio, ele quer oferecer silêncio pq distância e darei. Depois da minha decisão hoje, tudo fica pequeno. Vou reconstruir minha vida e Deus já está me capacitando. Saudades...

Anônimo disse...

❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤

������

Anônimo disse...

��������������������������

Anônimo disse...

LoveLoveLoveLoveLoveLove

Anônimo disse...

Mãezinha, esta postagem tem tudo a ver com a educação que a Sra e meu Pai nos deram. Apesar da saudade, sinto-me preenchida de tantas atitudes éticas, respeitosas e que afagam meu coração. O mundo de muitos não é feito de belezas, de cuidados e respeito. Lembro-me da nossa casa quando era pequena, alugada e tinha somente um banheiro. Mas era como um Palácio para todos nós e da cozinha saía aquele cheiro de vários quitudes às sextas feiras e se mesclavam ao cheiro da cera e ao barulho da enceradeira. Sim, uma mistura de tantas coisas e você se esmerava e num final da sexta, hora do Culto com direito a muita música no piano, amigas e Pai sempre apoiando a tudo. Uma vida riquíssima, sem precisar de luxo. Luxo era a alegria, o respeito, o amor com que crescemos. Em meio a isto, brinquedos, livros e uma vida tranquila, sem nenhuma a afobação. Fui conhecer a maldade das pessoas quando saí para estudar em Vitória
aos 17 anos. Anos difíceis e minha vida era de acordo com os feriados, quando eu voltava correndo para casa, para vocês e para meu mundo muito mais puro e decente. Cresci, anos e anos se passaram, mas não abro mão do que aprendi com vocês. Jamais vi nada que me fizesse duvidar de que podemos ter um coração puro. Com certeza, as feiuras nos agridem, mas existem muitas pessoas que possuem corações sinceros e desejosos sempre de se aperfeiçoarem. O problema não é termos medo, cometermos falhas e sim quando nos acostumamos a viver no erro e aí vemos esta sociedade doente, anestesiada, sem culpas nem responsabilidades. Mas ainda bem que todos podem mudar, para melhor. Sou gratíssima a Deus por vocês e por ter pessoas na minha vida que fazem questão de me mostrar belezas e estas nos enfeitam a alma. Minha amada, já entendi que cada um faz suas escolhas e muitos, mesmo na dor, não se aperfeiçoam ou fazem questão de não revelar o que de bom possuem. A vida é curta, muito curta e espero te encontrar no Céu e para isto, tenho que reter apenas o que é bom. Saudades minha querida...Obrigada por tudo!!!

Anônimo disse...

Eu procurei...deu que vc tinha apagado o post (não sei por que)...sei que pode apagar qdo quiser...mas estou me contendo para não chorar...tenho que reconhecer: eu gosto que td que fez pra mim fique aqui. Eu vim deixar um vídeo p vc e vim ver este espaço e a Igrejinha. Que bom que o post da minha "filhinha" está aqui. Obrigada...mas deixe enqto desejar apenas. Obrigada...

POSTAGENS RELACIONADAS...

É BOM! É LEGAL! É SOCIAL!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...