Mistérios e Segredos do Sítio Casarão

Mystery and Secrets of the ranch townhouse

TEMPO NOVO

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

QUARTA PONTE DE VITÓRIA: CONHEÇA O PROJETO!

Finalmente o Governo deu o primeiro passo para a construção da Quarta Ponte que vai ligar Santo Antônio, em Vitória a Porto de Santana, em Cariacica.

Já faz tempo que o povo de Cariacica perde tempo em demorados engarrafamentos na Segunda Ponte, basta algum carro quebrar, ou furar o pneu, e pronto: lá se vão horas no transito.

No último dia 9 foi divulgado o edital com informações do processo licitatório e, no dia 10 de abril, as empresas interessadas em realizar a obra poderão apresentar o projeto ao Departamento de estradas e3 Rodagens (DER).

A proposta é que a nova ponte se integre com a duplicação da rodovia Serafim Derenzi e que tenha outras alças que conduzam ao Portal do príncipe e a Segunda Ponte. Já do lado de Cariacica, será criada outra alça para o contorno e outra para a BR 262. Pelo menos foi isso que informou o Secretario de Transporte e Obras Públicas, Fábio Damasceno, ao jornal A Tribuna, em dezembro do ano passado.

O PROJETO: 
Matéria de: Maurílio Mendonça


Prazo máximo

Após ser contratada, a empresa terá o prazo máximo de 12 meses para concluir o projeto, sendo entregue, em meados de 2013, o projeto completo da Quarta Ponte, pronto para ser executado. "A partir daí, será necessário um novo edital para executar a obra", frisa a diretora do DER.

Antes, será necessário cumprir a etapa de captação de recursos, junto ao governo federal, ou de financiamento para a obra ser executada dentro do prazo de dois anos.

A promessa do governo do Estado, feita em dezembro do ano passado, é que essa nova ligação entre Vitória e Cariacica cumpra o objetivo de desafogar o trânsito na Região Metropolitana até o começo de 2015.

Propostas

Por enquanto, uma das ideias para a Quarta Ponte, já divulgada pelo Estado, é permitir a passagem pela via de ciclistas e pedestres, dentro de uma área reservada no centro da ponte. Para os automóveis, a intenção é de inserir quatro faixas de trânsito, em cada sentido de direção, sendo que, em cada lado, uma será separada para ônibus.

Para caber tudo isso, a ponte já vai nascer com o título de mais larga do Estado. Serão mais de 30 metros, quase o dobro da Terceira Ponte, que tem 18,5m de largura.

Em relação à sua altura, deverá ter a mesma que a Segunda Ponte – ou seja, sem espaço para a passagem de embarcações.

"Todas as nossas vontades só poderão ser confirmadas com o projeto executivo. É ele quem vai nos apontar o que é viável de ser executado", explica Teresa Casotti.

Os estudos a serem realizados no projeto executivo ainda vão definir qual será a estrutura ideal para ser usada na construção da Quarta Ponte: concreto, metal ou os dois. 

FONTE: Gazeta On Line

Um comentário :

Alucinações disse...

Os benefícios que o Governo do Estado apresenta para mobilidade com a construção da Quarta Ponte, não deixa claro qual os impactos urbano com no bairro de Santo Antonio. Deve-se levar em consideração que Santo Antônio é o bairro mais antigo de Vitória, o Cais do Hidroavião é patrimônio histórico da cidade, existe ai varias famílias que vive da pesca,além do Carnaval das escolas de Samba. O bairro Santo Antonio tem uma circulação viária muito tranquila mesmo com a quantidade de linhas de ônibus que circulam pela sua principal avenida, porém esta vias possui uma caixa pequena. Dentro do contexto urbano da Cidade de Vitória Santo Antônio é uma Ilha de tranquilidade. Confesso que não gostaria de pagar a conta do desenvolvimento, visando a circulação de Carros. Espero que o governo pense que o custo do desenvolvimento fica mais caro quando a cidade fica degrada.

Mauro Ribeiro
Técnico em Transporte
Estudante de Arquitetura e Urbanismo